Participação em Comissões

Comissão Permanente de Coleta Seletiva Solidária

Representante: Eng. Sanitarista Patricia Orsi

Carga horária: 2 horas semanais

Descrição: Comissão destinada a conceber e implantar a coleta seletiva solidária na UFSC, conforme determinação do Decreto nº 5940/2006, cujas atribuições são dispostas no seu artigo 5º:

“Art. 5o  Será constituída uma Comissão para a Coleta Seletiva Solidária, no âmbito de cada órgão e entidade da administração pública federal direita e indireta, no prazo de noventa dias, a contar da publicação deste Decreto.

  • 1o  A Comissão para a Coleta Seletiva Solidária será composta por, no mínimo, três servidores designados pelos respectivos titulares de órgãos e entidades públicas.
  • 2o  A Comissão para a Coleta Seletiva Solidária deverá implantar e supervisionar a separação dos resíduos recicláveis descartados, na fonte geradora, bem como a sua destinação para as associações e cooperativas de catadores de materiais recicláveis, conforme dispõe este Decreto.
  •  3o  A Comissão para a Coleta Seletiva Solidária de cada órgão ou entidade da administração pública federal direita e indireta apresentará, semestralmente, ao Comitê Interministerial da Inclusão Social de Catadores de Lixo, criado pelo Decreto de 11 de setembro de 2003, avaliação do processo de separação dos resíduos recicláveis descartados, na fonte geradora, e a sua destinação às associações e cooperativas dos catadores de materiais recicláveis.”

Projeto Institucional Recuperação da Qualidade da Água dos Córregos do Campus Reitor João David Ferreira Lima

Representante: Eng. Sanitarista Patricia Orsi

Carga horária: 4 horas semanais

Descrição: Encontra-se em sua origem a Ação Civil Pública no 2007.72.00.014573-8/SC, que estabeleceu à UFSC realizar a “recuperação da qualidade da água dos cursos (naturais ou artificiais, canalizados ou não) situados no “campus” universitário, mediante: levantamento da qualidade da água dos cursos d’água que atravessam o “campus”; indicação das causas da poluição, quando constatada; encaminhamento à FATMA e Vigilância Sanitária do Município de Florianópolis de relatório acerca das causas, para que estes tomem as medidas indicadas, dentro de sua área de atuação; e execução das medidas necessárias à recuperação das águas dentro de seu território (por meio de Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas – PRAD) e que tenham como causa atos de sua responsabilidade”.

O projeto é concebido como uma ação de pesquisa, cujo principal objetivo é “pesquisar soluções inovadoras e exemplares que contribuam para recuperação da qualidade da água dos córregos que cortam o Campus João David Ferreira Lima”.


GT Fortalezas

Representante: Arq. Fabíola Bristot Serpa

Carga horária: sem definição

Descrição: O Grupo de Trabalho Fortalezas foi criado através da Portaria 717/2016/GR e tem como objetivo analisar projetos e intervenções nas Fortalezas de Santo Antônio de Ratones, São José da Ponta Grossa e Santa Cruz de Anhatomirim.


Comissão 30 Horas

Representantes: Arq. Fabíola Bristot Serpa, Arq. Evandro Fernandes e Assistente Administrativo Dhian Piccinin

Carga horária: sem definição

Descrição: Estudo e acompanhamento da flexibilização da jornada de trabalho da Secretaria de Obras, Manutenção e Meio ambiente.


Comitê de Auxílio Técnico do Programa Nacional de Apoio às Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos (CAT-PNI)

Representante: Arq. Luiz Antonio Zenni

Função: Coordenador do Comitê de Auxílio Técnico – CAT-PNI (itens 4, 5 e 6)

Carga horária: sem definição

Descrição: Instituído pela Portaria MCTI nº 921 de 29 de outubro de 2015 (DOU de 03/11/2015, nº 209, Seção 1, pág. 1) e Portaria SETEC nº 44 de 23 de novembro de 2015 (DOU de 24/11/2015, nº 224, Seção 2, pág. 4), tem como atribuição Análise e Parecer Técnico sobre:
1. projetos básicos e executivos de engenharia e arquitetura e toda documentação necessária para o lançamento das licitações de execução de obras com orçamento já aprovado pelo MCTIC (Convênios);
2. visitas técnicas de obras em andamento realizadas in loco, verificação da execução do cronograma físico-financeiro da obra e do convênio correspondente e a qualidade técnica da obra;
3. o andamento na execução das obras de parques tecnológicos e incubadoras de empresas no território nacional.
4. supervisionar a elaboração dos diagnósticos junto aos membros do CAT correspondente à sua área de conhecimento;
5. presidir as reuniões do Comitê;
6. entregar ao MCTI o diagnóstico elaborado pelo Comitê no prazo estipulado pela SETEC.


Comissão Permanente de Sustentabilidade

Representante: Arq. Ana Maria Soster Bortolotto

Carga horária: 2 horas semanais

Descrição: Foi instituída pela Portaria 322/2015/GR de 02/03/2015 e Portaria 793/2017/GR de 03/04/2017, tendo como atribuições:

I atuar como Comissão Gestora do Plano de Gestão de Logística Sustentável (CPLS), conforme IN 10/2012 do MPOG, com atribuições de elaborar, monitorar, avaliar e revisar o Plano de Gestão de Logística Sustentável da UFSC;

II atuar como Comissão Gestora da Agenda Ambiental da Administração Pública (CA3P), com as atribuições de:

a) sensibilizar os gestores sobre a importância da implantação do programa;
b) realizar o diagnóstico da instituição;
c) realizar o planejamento das ações;
d) apoiar a implantação das ações;
e) promover o monitoramento das ações e de seus resultados;

III propor padrões, procedimentos, ações e programas visando à sustentabilidade da UFSC, observadas as legislações federais, estaduais e municipais pertinentes;

IV responder consultas sobre matérias de sua competência.


Grupo de Trabalho para Valorização dos Resíduos Orgânicos na UFSC

Representante: Eng. Sanitarista Patricia Orsi

Carga horária: 2 horas semanais

Descrição: Tem como objetivo planejar a valorização de resíduos orgânicos da UFSC, com enfoque aos produzidos pelos grandes geradores da universidade.